Como os dentistas podem ajudar no diagnóstico de distúrbios alimentares?

Hoje em dia, alguns graves problemas afetam diariamente diversas pessoas, como é o caso dos distúrbios alimentares. Porém, muita gente sofre com esse mal em silêncio, e, por vezes, acabam negligenciando o impacto que pode ter em sua saúde bucal.

Por isso, um dentista pode ser a primeira pessoa a diagnosticar um distúrbio alimentar.

Por ser um assunto pouco falado, não é muito comum as pessoas associarem problemas na cavidade bucal com esses distúrbios alimentares, o que é mais comum do que muita gente pensa, já que a boca é a porta de entrada para diversas complicações. 

Assim, utilize um plano odontologico empresarial para realizar tratamentos básicos.

Antes de prosseguir, é sempre bom relembrar que os hábitos de higienização bucal devem estar presentes na vida de todo mundo, principalmente desde pequenos, já que é nessa fase que você consegue regularizar melhor o costume.

Escovar os dentes três vezes ao dia, com enfoque na noite, bem como realizar consultas com um odonto pme, por exemplo, são formas de garantir a saúde bucal, inclusive após o diagnóstico de distúrbios alimentares, dos quais afetam negativamente as dentições.

Principais tipos de distúrbios alimentares

É fundamental entender quais são os principais tipos de distúrbios que afetam as pessoas diariamente, bem como entender como esse distúrbio atrapalha na saúde bucal, fazendo com que você adquira resultados mais complicados, que promovam dificuldades mais sérias se não forem tratados em um estágio inicial.

Vale sempre lembrar que os dentistas são aliados da saúde geral também, já que resolvem seus problemas bucais de maneira eficiente, evitando que complicações mais severas aconteçam.

Por isso, utilize um convenio odontologico empresarial, caso você possua, para evitar que essas complicações ocorram.

Há três tipos de distúrbios alimentares mais comuns, sendo eles: anorexia, bulimia e compulsão alimentar. Por mais que as pessoas não percebam, todas essas condições têm um efeito negativo na boca, por isso devem tratar o mais rápido possível.

Quando uma pessoa tem anorexia, ela tem um medo muito grande de engordar, independente do peso que estiverem. Por isso, evitam comer qualquer coisa e, quando comem, acabam por expelir todo alimento.

A bulimia funciona de maneira similar, onde a pessoa também tem um grande medo de ganhar peso, mas nesse caso ela se alimenta compulsivamente, sentindo um remorso profundo quando percebe que pode ganhar peso, e acabam provocando vômitos ou outros métodos para expelirem e compensarem o que comeram.

Por fim, a compulsão alimentar é quando a pessoa come sem distinção, muitas vezes nem mesmo vontade, ingerindo alimentos compulsivamente sem a necessidade ou compensação, mas também mantendo a culpa.

Todos esses três problemas afetam a boca, sendo necessário muitas vezes a visita a um dentista, através de um plano odontológico para empresas.

Os principais sintomas que atingem a boca, são:

  • Erosão dentária;
  • Xerostomia (boca seca)
  • Halitose;
  • Aumento de sensibilidade nos dentes.

Por isso, caso você esteja sentindo qualquer um desses sintomas, embora não seja necessariamente problemas de distúrbios alimentares, realize uma consulta o quanto antes ao dentista, para que ele possa realizar o diagnóstico e te passar os melhores tratamentos, que irão manter sua saúde bucal em dia.

Importância do dentista para o diagnóstico

É verdade que os dentistas podem diagnosticar esse tipo de doença através de uma consulta oral, o problema é que quando chega nesse ponto, quer dizer que o distúrbio alimentar já está em um estado mais avançado, pois está começando a refletir na saúde bucal, o que não é comum de acontecer em estágios mais básicos.

Este é o momento em que entra o dentista, bem como o plano dental para empresa, pois será feito o diagnóstico mediante a uma consulta.

O profissional passará todas as dicas de como fazer para tratar os danos bucais, além de indicar você para um profissional da área de saúde geral e psiquiátrico. Através de consultas com dentistas, psiquiatras, terapeutas, endocrinologistas e nutricionistas, a recuperação se torna um esforço conjunto entre eles e o paciente.

É sempre bom ressaltar que independente de ter um problema como esse, a consulta com um dentista é recomendado em qualquer caso, já que você sempre precisa ter uma boa ideia de como está sua saúde bucal, pois é uma área complicada e que deve ser preservada ao máximo.

Portanto, por mais que a saúde bucal seja, primeiramente, individual de cada um, quem irá instruir da melhor forma como cuidar dela, será o dentista.

Além disso, caso ocorra algum problema como o distúrbio alimentar, você não poderá resolver sozinho, e deve contar com a ajuda imediata de um profissional de saúde mental, assim como tratamentos físicos para impedir danos maiores ao organismo.

Conteúdo desenvolvido pela equipe do Conviva Melhor, blog criado com o intuito de melhorar a saúde e o bem-estar por meio de conteúdos que reforçam a importância dos cuidados regulares.

You may also like

Leave a Reply

Your email address will not be published.